quarta-feira, 26 de março de 2008

Livros em catálogos

Paulo Leminski, o bandido que sabia latim (Editora Record) – 1ª. edição, 2000; 2ª. edição, 2005.

Biografia do poeta curitibano Paulo Leminski Filho (1944-1989). 378 páginas.

8 comentários:

Maria Ercília disse...

Parabéns pelo blog primo! Não era sem tempo, não é?? Desejo felicidades e que muitas pessoas leiam os maravilhosos livros que vc escreve tão bem. Beijo!

Toninho Vaz disse...

Oi, ME, thanks... O ideal seria fazer um site, mas dá mais trabalho e não tou com tempo agora. Tinha que organizar um pouco.. rs.

beijo

katiushadark disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
katiushadark disse...

Toninho!
Como eu já havia mencionado, esse livro trouxe lembranças e sonhos há tempos adormecidos. Não acredito que as coisas na vida da gente aconteçam por acaso, sabe? Eu me reencontrei com a literatura, exatamente no período em que estava lendo esse livro. Estou vivendo um período de muitas mudanças (eu as considero muito positivas) e, certamente, ter (re)encontrado Leminski foi um divisor de águas.
Fico feliz que você tenha criado esse blog. É um ótimo espaço para organizar idéias e, sobretudo, compartilhá-las. Falando nisso, deixo aqui o link pro meu site:
www.iushamel.multiply.com

Grande abraço e muito sucesso!

thiago disse...

ola martins! moro aqui em palmeira´no interior do paraná e gostaria de lhe dar os meus mais sinceros parabéns pela obra sobre a vida do leminski.me emocionei muito com o livro e o leio e releio a 2 anos.magnifica obra e agora mais tarde do que nunca,tratarei de conhecer seu trabalho melhor,lendo outros livros.
sou muito fã da obra do leminski e sem duvida nenhuma,a obra sobre a vida do "cachorro louco",é o livro que mais me marcou e me abriu muitas portas para a literatura.
um grande abraço,sou seu fã,e agradeço pelo verdadeiro "best seller"!!!
um grande abraço...


ps: meu email é thirehell@hotmail.com

Toninho Vaz disse...

Obrigado, Thiago, acho que vc não ignora o quanto faz bem uma mensagem espontânea como a sua, alguém que, claro, gosta de poesia autêntica.

grande abraço toninho vaz

Lucky Luciano disse...

Muito bom o blog...É o ponto de encontro dos desencontrados...he,he,he...
Valeu Toninho!

PITA disse...

Nessa Brincadeira de Viver,
Você Registra os Bons e Melhores Brinquedos de Curitiba.
Bom Prá Nóis Todos.
*Brindando Seu Trabalho
com "Chopis" Pela Curitiba
Velha de Guerra.
Parabéns Por Estar Pintando
Nossa História.
Abraços
PITA BRAGA CÔRTES