quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Publicado no blog do cartunista Solda, em 15 de janeiro de 2009.

8 comentários:

Luiz Alberto Machado disse...

Na área, Toninho, conferindo as novidades. Tudo uma maravilha, parabens.
Vamos juntos & tataritaritatá!!!!
www.luizalbertomachado.com.br

Danilo Sbrissia disse...

Caro Toninho,
estive relendo tua biografia sobre o Leminski e suspirando muito ao lembrar a efervescência cultural e artística que agitava a cidade de Curitiba e o Brasil em geral, via Editora Brasiliense, naqueles anos.
Infelizmente, tudo parece ter mudado. Saberia o Sr. me dizer por que é tão difícil publicar poesia hoje, no Brasil?
Pois tenho disponíveis duas obras na www.mesadoeditor.com.br , e, apesar das visitas de editoras, não encontro editor interessado. Acredito que o fato de ser autor estreante também tenha alguma influência, por assim dizer, negativa.
Espero que não me considere invasivo, mas gostaria de convidá-lo a conhecer uma amostra do meu trabalho, nos endereços:
http://porosvisiveis.blogspot.com/
e
http://recantodasletras.uol.com.br/
Ficaria bastante honrado com sua visita e, quem sabe, se estiver disposto, com alguma orientação.
Sinceramente,
Danilo Sbrissia
dsbrissia@ig.com.br

Toninho Vaz disse...

OK, Danilo, vou visitar seus dominios poéticos. Obrigado pela visita.

Paulo Leminski Neto disse...

Recentemente o cantor e compositor Lou Reed proclamou que as canções já não exercem mais o mesmo impacto de trinta anos atrás, que perderam a força e o que mais tinham de primordial, no entanto a gente continua a escutar e a ler obras relevantes...talvez o fator seja a escolha de um segmento apropriado pois realmente as coisas determinantes não tem mais abrangência...efeitos da internet? Talvez...

Toninho Vaz disse...

Oi, Lucky, o Lou Reed disse isso é? Bem lúcido... Efeito não apenas da internet, mas desta nano significação dos valores da minha geração. Como diria o replicante na chuva: Hora de morrer.

toninho vaz

Toninho Vaz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mi disse...

Terminei de ler ontem a biografia sobre Leminsk. Fiquei encantada, embora confesso minha tristeza pelo fim. Mas o que me trouxe aqui é a vontade de parabeniza-lo por esse belo trabalho, onde é nos dado a oportunidade de conhecermos a história de um dos maiores poetas dessa terra. Obrigada pelas boas horas de leitura.

Toninho Vaz disse...

Oi, Mi, que boa leitora voce é! Para deixar um autor recompensado pelo esforço. O livro está saindo em 3a. edição em maio, sempre constante como a própria trilha do Leminski.

abç do toninho vaz